9 de fevereiro de 2015

O Tigre Chinês, Uma Pomba: De Como a China Não Deseja Chamar a Atenção

Michael Pillsbury na obra dele intitulada The Hundred-Year Marathon (A Maratona de Cem Anos). Via Business Insider.

Em 1996, eu fazia parte de uma delegação dos EUA para a China, que incluía Robert Ellsworth, o principal assessor de política externa do candidato republicano à presidência, Robert Dole.

No que parecia ser uma troca franca de pontos de vista com os estudiosos chineses, fomos informados de que a China estava em grave perigo econômico e político — e que um potencial colapso batia fortemente às portas. Estes ilustres estudiosos expuseram sobre os graves problemas ambientais da China, a agitação das minorias étnicas, e a incompetência e a corrupção dos líderes do governo, bem como a incapacidade desses líderes para levar a cabo as reformas necessárias.

Mais tarde soube que os chineses estavam acompanhando nessas visitas supostamente "exclusivas" outros grupos de acadêmicos norte-americanos, líderes empresariais e especialistas em política, onde eles também receberam uma mensagem idêntica sobre o premente declínio da China. Muitos deles então repetiram estas "revelações" em artigos, livros e comentários quando voltaram aos Estados Unidos.

No entanto, o fato concreto é que o já robusto PIB da China está previsto para continuar a crescer pelo menos 7 ou 8 por cento, superando, assim, o dos Estados Unidos no mais tardar em 2018, de acordo com os economistas do Fundo Monetário Internacional, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, e as Nações Unidas. Infelizmente, especialistas em política da China como eu estavam tão apegados à ideia do "iminente colapso da China" que poucos de nós acreditavam nessas previsões. Enquanto estávamos preocupados com os problemas da China, a economia dela mais que dobrou.

4 de fevereiro de 2015

VACAS MAGRAS À VISTA

A economia brasileira está sofrendo um baque como eu nunca tinha visto desde que me entendo por gente. Vamos ter pelo menos mais quatro anos perdidos. Que Deus use tudo isso para trazer o país ao arrependimento.