25 de novembro de 2014

Gordon Fee - Tensões Dialéticas

É frequentemente verdade que passagens paralelas trazem um balanço global para nossa interpretação. Tem sido minha experiência em interpretação perceber que a Bíblia é frequentemente escrita em pares dialéticos ou paradoxais (mentalidade oriental). Deve-se reconhecer a tensão bíblica entre assuntos sem removê-la com o fim de fazer declarações simplistas, na tentativa de categorizar a verdade ou proteger posições teológicas preferidas. Um texto inspirado não pode ser usado para negar ou depreciar outro texto inspirado! Aqui estão alguns exemplos de tensão entre as verdades bíblicas.

  1. Predestinação versus livre-arbítrio humano
  2. Segurança do crente versus necessidade de perseverança
  3. Pecado original versus pecado volitivo
  4. Jesus como Deus versus Jesus como homem
  5. Jesus como igual ao Pai versus Jesus como subserviente ao Pai
  6. A Bíblia como Palavra de Deus versus autoria humana
  7. Impecabilidade versus pecar menos
  8. Justificação inicial instantânea e santificação versus santificação progressiva
  9. Justificação pela fé (Romanos 4) versus justificação confirmada pelas obras (cf. Tiago 2.14-26)
  10. Liberdade cristã (cf. Rm 14.1-23; 1 Co 8.1-13; 10:23-33) versus responsabilidade cristã (cf. Gl 5.16-21; Ef 4.1)
  11. Transcendência de Deus versus imanência dele
  12. Deus como em última análise desconhecido versus conhecido na Escritura e em Cristo
  13. As várias metáforas de Paulo para salvação: adoção, santificação, justificação, redenção, glorificação, predestinação, reconciliação
  14. O reino de Deus como presente versus consumação futura
  15. Arrependimento como dom de Deus versus arrependimento como uma resposta ordenada para salvação
  16. O AT é permanente versus o AT já passou, é nulo e inválido (cf. Mt 3.17-19 vs. 5.21-48; Romanos 7 vs. Gálatas 3)
  17. Os crentes são servos/escravos ou filhos/herdeiros
- Gordon Fee

20 de novembro de 2014

Startup é uma palavra da moda. Isso não é uma crítica, apenas um fato. Li num artigo de um site americano que ainda não existe uma definição precisa desse vocábulo. Então, com base no que ando lendo, aqui vai a minha: startup é uma empresa iniciante, geralmente voltada para tecnologia.

10 de novembro de 2014

Pior que se orgulhar das qualidades é se orgulhar dos defeitos.