27 de julho de 2010

O Patriotismo Não Proporciona Riqueza Às Nações

É uma tese que estou desenvolvendo.

Numa percepção empírica, tenho que em todos os povos reside -- em maior ou menor grau -- um sentimento nacionalista, sem exceção.

Todavia, o fato é que não é o amor à pátria que leva o Estado ao desenvolvimento. Estamos certos de que o apego a uma causa levará necessariamente a algum efeito, para melhor ou pior, mas a bandeira ufanista não roda as engrenagens econômicas, as quais dependem em certas ocasiões de variáveis macro-econômicas, ondas ocasionais, ou se concretizam no sucesso de uma leva de empreendedores que se lançam cegamente em aventuras empresariais.

Ainda não procurarei saber se algum autor já se debruçou sobre o tema, mas vou investigar.