17 de maio de 2008

A Ortografia da Língua Portuguesa Vai Mudar


Ah-ha! Finalmente alguma coisa acontece na "nossa" língua-arcaica-portuguesa. O acordo ortográfico foi aprovado por Portugal: leia a notícia.


De acordo com Estadão:

As principais mudanças nas regras
O fim do trema: o acento seria totalmente eliminado. A palavra 'freqüente' passa a ser escrita 'frequente'.
Eliminação de acentos em ditongos: acaba o acento nos ditongos 'ei' paroxítonos. Dessa maneira, 'idéia' vira 'ideia'.
Acento circunflexo: quando dois 'os' ficam juntos também some. Logo, 'vôo' vira 'voo'.
Cai o acento diferencial: o acento que diferenciava palavras homônimas de significados diferentes acaba. Conseqüentemente, 'pára' do verbo parar vai ficar apenas 'para'.
Hífens: sai a maioria dos hífens em palavras compostas. Assim, pára-quedas vira paraquedas. Será mantido o hífen em palavras compostas cuja segunda palavra começa com h, como pré-história. Em substantivos compostos cuja última letra da primeira palavra e a primeira letra da palavra são as mesmas, será feita a introdução do hífen. Assim microondas vira micro-ondas.
Inclusão de letras: as letras antes suprimidas do alfabeto português (k, y e w) voltam, mas só valem para manter as grafias de palavras estrangeiras.
Fim das letras mudas: Em Portugal, é comum a grafia de letras que não são pronunciadas como 'facto' para falar 'fato'. Elas sumirão.
Dupla acentuação: foi mantida a diferença de acentuação entre o português brasileiros e o lusitano. É comum quando se fala do acento circunflexo e agudo: assim, nós escrevemos 'econômico' e eles, 'económico'.

13 de maio de 2008

Python e MD5

Eis a query em SQL:

SELECT MD5("text")


Eis a tradução em Python:

>>> import md5
>>> md5.new("text").hexdigest()

Atualização
: De acordo com Andrews Medina:

A biblioteca md5 vai ser removida no Python 3 porque a mesma coisa é feita pela biblioteca hashlib, mas usando vários algorítmos.

O seu exemplo feito com hashlib ficaria:

>>> import hashlib
>>> hashlib.md5('teste').hexdigest()